7 Dicas para abrir um escritório de engenharia de sucesso

Eduardo Daldegan
Eduardo Daldegan Publicado em 8 de fevereiro de 2017

Ter o próprio escritório de engenharia é o sonho de muitos engenheiros. Entretanto, nem todos os profissionais conseguem ser bem-sucedidos com este sonho.

A pura formação acadêmica é insuficiente para proporcionar ao engenheiro todos os conhecimentos necessários para ter seu próprio negócio. Antes de mais nada, você não será somente um engenheiro, mas um empresário.

Perceber isso é essencial para que você tenha sucesso. Isso quer dizer que, não só de conhecimentos técnicos sobrevive um escritório de engenharia, mas também de conhecimentos gerenciais, administrativos, financeiros e mercadológicos. Ou seja, é necessário ir além da pura técnica da engenharia.

Começar seu negócio da maneira correta aumentará suas chances de ter sucesso consideravelmente. Mesmo que o início do seu escritório seja apenas você, é necessário desde já implementar processos e organizar seu escritório de engenharia, por menor e mais simples que ele seja.

Neste artigo você irá aprender 7 dicas que são essenciais para o seu sucesso, não só como engenheiro, mas também como empresário.

7 Dicas para abrir um escritório de engenharia

1 – Verifique o investimento inicial e o capital de giro necessário:

como abrir um escritório de engenhariaÉ comum ouvir falar que para abrir uma empresa não é necessário dinheiro e sim força de vontade. Isto é uma meia verdade, pois por menor que seja seu negócio é necessário um investimento inicial.

Mesmo que você trabalhe em home office você precisará investir inicialmente em um computador adequado, bons softwares, materiais de escritórios básicos e uma pequena impressora.

Além dos bens necessários para a abertura de seu escritório, você terá despesas com a abertura de sua empresa. Por incrível que pareça, no Brasil realmente pagamos para trabalhar. Antes mesmo de você receber um centavo você deverá arcar com taxas e impostos, como alvará de seu município, inscrição na junta comercial, cartão de assinatura digital e a consultoria de um escritório de contabilidade.

Além do investimento inicial você deverá reservar uma quantia para o capital de giro de sua empresa. O capital de giro inicial é o dinheiro necessário para manter sua empresa em funcionamento por um período determinado onde suas receitas não são suficientes para isso.

Como pode ver, é necessário dinheiro sim para abrir uma empresa. Logo, você deve se preparar para isso. Uma dica é evitar empréstimos neste momento, não é a melhor opção começar uma empresa já endividado.

2 – Tenha uma reserva financeira pessoal:

Outro ponto fundamental para quem deseja ter seu próprio escritório de engenharia é preparar uma reserva financeira para sua vida pessoal.

Em especial, para quem já possui família.

Vale lembrar que, em um escritório os lucros não são imediatos. É como um investimento, é preciso tempo para ver o retorno de todo dinheiro e esforço investido.

Por isso, é essencial se preparar para que você não passe por apuros e muito menos sua família. É importante evitar grandes gastos e reduzir o custo de vida no momento da abertura de sua empresa. Outra dica é não fazer dívidas de forma alguma.

Para ter uma ideia do tamanho de sua reserva financeira é necessário ter conhecimento dos seus gastos mensais e uma previsão de quando seu negócio começará a ter um bom retorno, que seja suficiente para sustentar sua família. Não seja muito otimista com esta previsão, você poderá se decepcionar com o passar do tempo.

3 – Aprenda a trabalhar em equipe:

Um escritório de engenharia não sobrevive com os serviços de um único profissional, a não ser que seu deseja seja trabalhar como um profissional autônomo por toda sua vida.

Para quem deseja ter uma verdadeira empresa é necessário contratar profissionais e saber lidar com estes profissionais. Um bom trabalho em equipe será essencial para o desenvolvimento de projetos de qualidade, o atendimento dos prazos de entrega e o bom convívio entre toda a equipe.

Você como empresário e proprietário do seu escritório de engenharia tem um papel fundamental para que sua equipe esteja organizada e bem motivada. Entre tantas tarefas de um líder é importante saber dividir tarefas de forma adequada, instruir os profissionais mais novos, saber conciliar conflitos e reconhecer os méritos de sua equipe.

Vale destacar aqui que você deverá aprender a trabalhar com diversos profissionais, com temperamentos, características e formação acadêmica muito distintas. Desde engenheiros, arquitetos, estagiários, desenhistas, secretárias, copeira e profissionais da limpeza. Todos são importantes para seu negócio.

4 – Aprenda a calcular o custo do seu serviço:

Uma das dificuldades de muitos engenheiros recém-formados é saber quanto vale o seu serviço prestado. São poucos que possuem um conhecimento adequado para definir custos e prazos de um projeto ou de uma consultoria.

É claro que com o tempo você irá adquirir a expertise necessária para isso, entretanto é necessário ter um conhecimento mínimo sobre o assunto.

Lembre-se que em um projeto você terá dois tipos de custos, os custos diretos e os custos indiretos. Os custos diretos são todos aqueles que você consegue mensurar exclusivamente para determinado serviço, como suas horas trabalhadas, impressões, horas de consultoria externa, visitas à obra, reuniões com cliente e outros profissionais envolvidos e tantas outras possíveis despesas.

Os custos indiretos são aqueles que estão relacionados indiretamente ao projeto desenvolvido. São custos como o aluguel de sua sala, contas de energia, água, telefone, internet, ou seja, insumos que são necessários para a execução de seu serviço de forma indireta.

Saber o verdadeiro valor do seu trabalho é fundamental para evitar preços muito baixos ou preços muito altos. Os preços muito baixos serão responsáveis por grandes prejuízos, ou seja, você irá pagar para trabalhar. Enquanto que os preços altos inviabilizam sua contratação, assim você não conseguirá nenhum serviço.

5 – Invista em um serviço de qualidade:

Outra dica essencial para o sucesso de um escritório de engenharia é investir em um serviço de qualidade. Ou seja, é necessário desenvolver projetos e prestar consultorias em alto nível.

Por mais simples que sejam os projetos que você desenvolve inicialmente em seu escritório eles devem representar um alto padrão de qualidade. São estes primeiros projetos que serão a base para o desenvolvimento dos futuros projetos.

No início, não tenha dúvidas em fazer até um pouco a mais do que seu cliente está esperando. Surpreenda seu cliente com um ótimo serviço e assim você começará a fidelizar cada um deles.

Lembre-se que um serviço de qualidade envolverá todas as etapas do projeto, desde a prospecção do cliente, a negociação do serviço, o contato no dia a dia, o cumprimento dos prazos e das condições comerciais. Desta forma, toda sua equipe deverá estar focada em fazer sempre o melhor para todos seus clientes, desde o atendimento de um telefone até o desenvolvimento do projeto mais sofisticado.

6 – Tenha foco no cliente:

Retomo mais uma vez o que foi dito no início do artigo, você não será somente um engenheiro, mas um empresário. Desta forma, o cliente é parte fundamental do sucesso de sua empresa.

Apesar de parecer óbvio, na prática não é isso que acontece em muitos escritórios de engenharia. Os clientes geralmente ficam em segundo plano.

É essencial que sua empresa tenha uma cultura voltada para o foco no cliente, que esteja pronta para resolver os problemas de seus clientes e prestar o melhor serviço possível.

Um ponto fundamental é ser acessível aos clientes. Esteja sempre apto a atende-lo, a tirar dúvidas, a rever soluções. É óbvio que isto gasta tempo, mas é uma tarefa indispensável. Tenha consciência que seu cliente não deseja falar com o estagiário, mas com o responsável pelos serviços.

Mesmo que você seja ótimo na parte técnica e na elaboração de projetos, isso não exime suas responsabilidades como empresário. Negligenciar o bom tratamento aos seus clientes é condenar sua empresa ao fracasso.

Vale destacar aqui, que clientes de um escritório de engenharia costumam ser muito fiéis. Logo, se você desenvolver um serviço de qualidade e ainda ser focado em um atendimento de qualidade, dificilmente você perderá este cliente, mesmo que em algum momento o valor de seus projetos seja um pouco superior aos de seus concorrentes.

7 – Invista em conhecimento de forma contínua:

A última dica para quem deseja abrir um escritório de engenharia é investir em conhecimento continuamente.

Você poderá fazer isso de diversas formas, estudando por conta própria, fazendo especializações, cursos de extensão, pós-graduações, mestrados e até mesmo um doutorado.

Outra forma de se atualizar é participar de eventos e congressos ligados à engenharia. Além do conhecimento adquirido você passa a conhecer e conviver com outros profissionais de sua área, a partir daí podem surgir parcerias e novas oportunidades.

Com o passar dos anos é cada vez mais rápido o desenvolvimento de novas tecnologias, é importante estar atento e se atualizar o mais rápido possível. Isso é fundamental para sua sobrevivência no mercado.

Finalizando

Tenho certeza que estas dicas irão te auxiliar a começar seu escritório de engenharia com o pé direito. Lembre-se que existem muitas coisas além da parte técnica que são fundamentais em uma empresa. Você não será apenas um engenheiro, mas também um empresário.

Caso você ainda tenha ficado com alguma dúvida ou quer colaborar com alguma experiência, então deixe um comentário.

Você também pode compartilhar este conteúdo com seus amigos, é só utilizar uma das redes sociais abaixo.

Forte abraço.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

Daldegan, Eduardo. 7 Dicas para abrir um escritório de engenharia de sucesso. Engenharia Concreta, 2017. Disponível em: https://www.engenhariaconcreta.com/7-dicas-para-abrir-um-escritorio-de-engenharia/. Acesso em: 23 de julho de 2018.

Copiado!