Como colocar piso vinílico autoadesivo em sua casa: Guia Prático

Eduardo Daldegan
Eduardo Daldegan Publicado em 5 de janeiro de 2018

Os pisos vinílicos são cada vez mais utilizados nas edificações brasileiras. Este material traz inúmeros benefícios para quem está construindo, em especial, para quem está reformando. Neste artigo você vai conferir um guia prático de como colocar piso vinílico em sua casa.

Você vai perceber que não existe mistério, mas é necessário ter atenção em alguns detalhes para que o serviço seja finalizado com qualidade.

Antes de mais nada é importante comprar um produto de qualidade. Para isso, vale à pena conferir as garantias que o fornecedor pode oferecer, dar uma olhada em obras onde o produto foi utilizado e não levar apenas o preço como parâmetro de escolha do piso vinílico que você vai colocar em sua casa.

Além de um bom produto, ter alguma experiência com obra poderá facilitar muito sua vida, pois é um serviço relativamente simples para quem já está acostumado com outros pisos utilizados no mercado da construção.

Confira então os principais passos de como colocar piso vinílico em sua casa e comece hoje mesmo sua reforma.

Guia prático de como colocar piso vinílico autoadesivo:

1 – Comprar o piso vinílico para instalação:

dicas de como colocar piso vinílico em uma casaO primeiro passo é comprar o piso vinílico que você deseja utilizar em sua casa. Para você não ter problemas nessa hora é importante estar de olho na qualidade do produto e nas garantias que o fornecedor pode te oferecer.

Para realizar a compra é necessário que você tenha em mãos a quantidade necessária de piso para o cômodo que você pretende revestir com o piso vinílico. Você comprar o piso em metro quadrado.

Por exemplo para uma sala que tem largura de 3,0 metros e comprimento de 4,0 metros, você precisará de 12 metros quadrados de piso. Vale à pena considerar um coeficiente de perda devido aos cortes, este coeficiente é de 10%. Para a sala do exemplo você precisará comprar pelo menos 13,2 metros quadrados de piso.

Você também precisa comprar rodapés para instalar na junção da parede com o piso. Utilizando o exemplo da mesma sala você precisará de 14 metros de rodapé, que é a soma do comprimento de todos os lados da sala.

2 – Verifique a regularidade do contrapiso:

O segundo passo deste guia de como colocar piso vinílico é verificar a regularidade do contrapiso dos cômodos onde serão instalados o piso vinílico. Este ponto é fundamental para que você não tenha problemas na instalação do piso ou durante a utilização.

É comum adotar como um limite uma diferença de nível de 2 milímetros em uma distância de 1,0 metro.

Além da regularidade do contrapiso é necessário estar atento à limpeza do mesmo. Ele deve estar livre de toda poeira, graxa, óleo ou qualquer outro contaminante que possa prejudicar a instalação.

3 – Faça uma paginação para instalação das réguas:

O terceiro passo deste guia é fazer uma paginação da instalação das réguas. Isso é bem simples e irá te ajudar a não ter problemas durante a execução do trabalho.

Você vai definir como serão colocadas as réguas do seu piso. Normalmente as réguas são instaladas acompanhando a maior dimensão do cômodo.

Esta etapa do trabalho é fundamental para que você não desperdice material ou para que não falte nenhuma régua para finalizar seu serviço.

4 – Instale a primeira fileira de réguas:

Em seguida você fará a instalação da primeira fileira de réguas. É importante começar a instalação bem rente à parede. Vale lembrar que você fez uma paginação e a instalação deverá estar de acordo com o planejado, caso contrário você poderá ter problemas com suas réguas.

Para fazer a instalação você precisa remover o papel que protege a face que possui o adesivo do piso. Em seguida é só posicionar a régua bem rente a parede e pressioná-la para que fixe bem no contrapiso.

Na última régua da primeira fileira você deverá fazer um ajuste de tamanho. Será necessário cortar a última régua para que se adeque ao espaço que falta para completar a primeira fileira.

Para cortar a régua você pode utilizar um estilete e régua metálica ou esquadro para apoio.

5 – Instale as fileiras restantes do piso:

Com a primeira fileira concluída é hora de passar para o quinto passo de como colocar piso vinílico em sua casa. Você vai completar as fileiras restantes fazendo a instalação conforme descrito no item anterior.

Você deve estar atento a um detalhe importante, para que você crie um efeito visual bonito a segunda fileira deve começar com meia régua, criando assim um efeito de alternância entre as réguas.

6 – Instale a última fileira do piso vinílico autoadesivo:

A última fileira também exigirá um pouco mais de cuidado. Dificilmente você conseguirá um cômodo com medidas compatíveis com as dimensões das réguas. É comum que a última fileira tenha uma espessura menor que a da régua.

Você deverá então verificar qual a largura da última fileira e cortar as réguas com estilete e apoio da régua metálica ou esquadro. É importante que você instale a última fileira bem rente à parede.

7 – Instale os rodapés em todo perímetro do piso:

Por fim, é hora de fazer o acabamento do seu piso. A instalação dos rodapés é simples, você precisa apenas posicioná-los corretamente e fixá-los na parede com prego sem cabeça.

Finalizando

Estou certo de que todo o processo foi mais simples do que você esperava. Com este guia você conseguirá instalar seu piso vinílico autoadesivo sem nenhum tipo de problemas.

Compartilhe este artigo com seus amigos que também querem aprender mais sobre como colocar piso vinílico autoadesivo em casa.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

Daldegan, Eduardo. Como colocar piso vinílico autoadesivo em sua casa: Guia Prático. Engenharia Concreta, 2018. Disponível em: https://www.engenhariaconcreta.com/como-colocar-piso-vinilico-autoadesivo/. Acesso em: 14 de dezembro de 2018.

Copiado!