Lajes Pré-Moldadas: Tipos de lajes e principais vantagens

Eduardo Daldegan
Eduardo Daldegan Publicado em 10 de agosto de 2016

As lajes pré-moldadas já são utilizadas com frequência em diversos tipos de edificação. Esta é uma solução prática e rápida, que pode facilitar a vida de quem está construindo.

Existe uma confusão quanto ao nome para este tipo de elemento, lajes pré-moldadas ou lajes pré-fabricadas? Na engenharia o elemento pré-fabricado é aquele que é produzido na indústria, enquanto que o elemento pré-moldado é o fabricado no canteiro de obras. Mas, de toda forma é comum no mercado utilizar estes dois termos para as lajes em questão.

O desenvolvimento tecnológico na área de cálculo estrutural e materiais de construção, colaborou com o desenvolvimento de lajes pré-moldadas cada vez mais eficientes, alcançando vãos que antes não eram imagináveis.

Este tipo de laje é utilizado em pequenas construções residenciais com vão máximos de até 5,0 metros, ou também podem ser utilizadas em grandes construções como hospitais, shopping centers, escolas, com vãos de até 12,0 metros de comprimento.

É claro que para cada caso existe um tipo de laje ideal. Para a definição da laje ideal é necessário a elaboração de um projeto de estruturas. Assim, um profissional capacitado poderá dimensionar e indicar qual a laje ideal para sua edificação, conforme o tamanho dos vãos e a carga de utilização.

Um cuidado importante com este tipo de de laje é com a execução de telhado com impermeabilização da estrutura, com intuito de evitar vazamentos e anomalias no futuro.

Tipos de lajes pré-moldadas

1 – Lajes convencionais:

As lajes pré-moldadas convencionais são as mais utilizadas nas pequenas edificações, como residências e pequenos edifícios. Tem capacidade de alcançar até 5,0 metros de vão.

Este tipo de laje é composto por vigotas de concreto armado, que são as responsáveis por resistir aos esforços, enchimento em lajota cerâmica ou isopor, e um capeamento de concreto.

2 – Lajes protendidas:

As lajes pré-moldadas protendidas são utilizadas em construções onde é necessário vencer vãos maiores. Como, por exemplo, em hospitais, shopping center e escolas.

Este tipo de laje tem capacidade vencer vãos de até 12,0 metros. Possui os mesmos elementos da convencional, a única diferença é que a vigota é em concreto protendido e não concreto armado.

3 – Lajes treliçadas:

vantasgens das lajes pré-moldadaAs lajes treliçadas são muito utilizadas em grandes construções, pois consegue se adaptar bem a diversos tipos de vãos e de cargas de utilização. Para esta boa adequação a diversas situações o que varia na laje treliçada é a sua altura.

Esta laje é composta por um painel treliçado, que é uma placa de concreto com largura aproximada de 12,5 cm e espessura aproximada de 3 cm, uma armação treliçada que já chega na obra fixada à placa de concreto e enchimento, que pode ser em lajota cerâmica ou em isopor.

A altura da treliça é o que determina a altura da laje, esta altura é definida no projeto de estruturas e varia conforme cada tipo de obra e utilização. Além disso, a placa de concreto é armada, conforme o carregamento da laje.

Após a montagem dos elementos a laje é concretada, preenchendo assim as nervuras e o capeamento. As lajes treliçadas pode ser unidirecionais ou bidirecionais.

4 – Painel treliçado:

A utilização dos painéis treliçados é mais recente. O sistema consiste em um painel com uma armação treliçada, que pode ter enchimento ou não.

Os painéis são posicionados lado a lado, cobrindo toda a extensão da laje a ser concretada. Quando este tipo de laje é executado sem enchimento o painel pode funcionar como uma pré-forma para o concreto, além de já conter a armadura necessária.

Agora se utilizado com enchimento seu funcionamento é parecido ao de uma laje nervurada. Este tipo de laje pode ser unidirecional e bidirecional.

5 – Lajes Alveolares:

As lajes alveolares são muito utilizadas em construções pré-fabricadas. Já faz parte de todo o conjunto de uma edificação industrializada, não é comum sua utilização em edifícios convencionais.

Entretanto, é um tipo de laje extremamente eficiente, além de vencer grandes vãos possui excelente resistência a grandes cargas. Muito utilizada em locais com grande movimentação, como shopping centers e estacionamentos.

É um elemento protendido, que não leva armadura passiva.

Principais vantagens

As lajes pré-moldadas possuem diversas vantagens em relação às lajes maciças. Entretanto, estas vantagens são obtidas em situações onde o uso destes elementos é avaliado e verificado a sua eficiência. Um bom projeto estrutural é essencial para escolher a laje ideal para sua obra.

Veja alguns benefícios que você pode conseguir com a utilização destes tipos de laje:

  • Redução do peso próprio da edificação;
  • Possibilidade vencer grandes vãos;
  • Redução e até eliminação completa do uso de formas;
  • Redução do escoramento;
  • Praticidade e rapidez na montagem dos elementos;
  • Redução da mão-de-obra;
  • Maior rapidez na execução da obra;
  • Redução dos custos da edificação.

Considerações Finais

Utilizar este tipo de laje em sua edificação pode ser uma excelente opção. O primeiro passo é consultar um profissional capacitado que irá te auxiliar na melhor escolha para a sua obra.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário. Compartilhe com seus amigos este conteúdo, você pode ajudar alguém que está precisando.

Forte abraço.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

Daldegan, Eduardo. Lajes Pré-Moldadas: Tipos de lajes e principais vantagens. Engenharia Concreta, 2016. Disponível em: https://www.engenhariaconcreta.com/lajes-pre-moldadas-tipos-de-lajes-e-principais-vantagens/. Acesso em: 18 de janeiro de 2019.

Copiado!