Projeto Arquitetônico: Qual a importância para sua obra

Eduardo Daldegan
Eduardo Daldegan Publicado em 28 de julho de 2016

O Projeto Arquitetônico é o ponto de partida para toda obra. É essencial para o desenvolvimento de uma construção bem planejada e que se relacione com o entorno.

Independentemente se você deseja construir uma pequena casa ou um edifício de múltiplos pavimentos, contratar um bom profissional de arquitetura será fundamental para o sucesso de seu empreendimento.

O profissional de arquitetura é quem tem a capacidade técnica de reunir as informações do local da obra e seu entorno, filtrar as necessidades e preferências dos clientes e compatibilizar tudo isto com a legislação existente.

Não importa o investimento que será feito na obra, hoje em dia é essencial construções racionalizadas e funcionais. Ter cômodos bem dimensionados, ventilação adequada, iluminação natural, espaço funcionais e boa aparência são requisitos mínimos para que o cliente esteja satisfeito.

Para que você tenha condições de contratar um bom profissional e ainda garantir que lhe seja prestado um bom serviço, escrevi este artigo. A primeira parte será relacionada à boas características que um profissional de arquitetura precisa e a segunda sobre as fases do projeto arquitetônico e os requisitos mínimos para sua elaboração.

Características de um bom profissional

como contratar projeto arquitetônicoÉ claro que todo profissional possui características próprias, que fazem parte de sua personalidade.

É importante que você contrate um profissional que tenha boa comunicação interpessoal, que saiba traduzir em palavras simples os conceitos técnicos que serão adotados na sua futura construção.

Além disso, verifique se o profissional é acessível, se você consegue falar com ele com facilidade ao telefone ou se ele está com frequência no escritório. Verifique também se ele cumpre os prazos acordados em contrato. Para isso, você pode consultar clientes anteriores e tirar todas as dúvidas possíveis.

Contrate um profissional com capacidade. Experiência é muito bom, mas não é tudo. Existem profissionais com muita experiência que deixam a deseja e profissionais com pouca experiência que são extremamente capacitados. Uma dica é verificar serviços anteriores. Visite imóveis similares que ele projetou.

Outro ponto importante a ser avaliado é o partido arquitetônico. Muitos arquitetos possuem preferências estéticas e estruturais, por isso, conheça os projetos já construídos dos profissionais que você deseja contratar. Verifique se o estilo das edificações te agradam ou não.

Um detalhe delicado é o preço. Tome cuidado com o barato demais, o barato pode sair caro no futuro. Por isso, faça uma avaliação não do preço a ser pago, mas do valor que o profissional poderá agregar na sua obra.

Fases do projeto arquitetônico

De forma simples e prática um bom projeto arquitetônico depende de um bom profissional e de um bom cliente. Ou seja, um profissional com capacidade técnica e um cliente com consciência do que deseja.

Muitos detalhes que surgem durante a elaboração do projeto arquitetônico dependem de você, como padrão de acabamento, necessidade de espaços maiores, preferências estéticas, entre tantas outras questões. Por isso, é importante que você também se prepare para a obra e não deixe tudo para o profissional decidir por você.

Veja a seguir as fases de um projeto arquitetônico.

1 – Estudo Preliminar

O estudo preliminar é a fase onde serão definidas as primícias adotadas para a elaboração de todo o projeto. O partido arquitetônico, a disponibilidade de recursos e restrições que existam. É a fase de concepção do produto.

O estudo preliminar é composto basicamente por:

  • Levantamento de dados;
  • Programa de Necessidades;
  • Estudo de Viabilidade.

2 – Anteprojeto:

É a fase de consolidação das informações do estudo preliminar. É aqui que se estabelece um partido arquitetônico e se definem as demais características do empreendimento. Além de subsidiar a elaboração do projeto legal, o projeto para aprovação no município.

Fazem parte do Anteprojeto:

  • Estudo Preliminar;
  • Anteprojeto;
  • Projeto Legal.

3 – Projeto Básico:

O projeto básico é a formalização clara de todas as soluções adotadas. São apresentados claramente todos os ambientes, fachadas, cortes, processo construtivo, acabamentos e materiais a serem utilizados. Neta fase já é possível realizar uma estimativa de custo do empreendimento.

3 – Projeto Executivo:

O projeto executivo é o detalhamento de todos os documentos necessários para a execução da obra. Contém todas as informações de forma clara e concisa. Além das plantas, cortes, fachadas, detalhes construtivos, definição de materiais, acabamentos, esquadrias e telhado, deve ser acompanhado de memorial descritivo e lista de materiais.

Considerações Finais

Como pode ver, um bom projeto arquitetônico depende de um bom profissional de arquitetura e de um cliente disposto a discutir, avaliar e colaborar para uma edificação de sucesso.

Antes de construir contrate um bom profissional e aproveite todo o potencial de seu empreendimento.

Ainda ficou com alguma dúvida ou quer colaborar com o conteúdo, deixe um comentário. Compartilhe com seus amigos este conteúdo, você pode ajudar alguém que está precisando.

Forte abraço.

Quer citar este artigo em seu trabalho? Utilize o modelo abaixo:

Daldegan, Eduardo. Projeto Arquitetônico: Qual a importância para sua obra. Engenharia Concreta, 2016. Disponível em: https://www.engenhariaconcreta.com/projeto-arquitetonico-qual-a-importancia-para-sua-obra/. Acesso em: 23 de julho de 2018.

Copiado!